6 Dicas para escolher o melhor Crédito Pessoal do mercado

pagar menos pelo crédito pessoal

Com a rápida proliferação de alternativas de crédito pessoal as opções têm vindo a tornar-se extremamente vastas e promissoras.

Se possui um historial financeiro favorável, não deverá ser muito difícil para si ter acesso a um crédito pessoal que se revele perfeitamente à medida das suas necessidades. No entanto, encontrar a alternativa mais barata do mercado exige uma pesquisa e análise cuidada, paciente e ponderada, que leve em consideração um determinado número de factores de vital relevância para o acesso à opção de financiamento mais em conta que o mercado coloca ao seu dispor.

De seguida damos-lhe algumas dicas que, quando seguidas à risca, ajudá-lo-ão certamente a encontrar o crédito mais adequado para si.

Investigue toda a oferta disponível no mercado

Um dos maiores erros na procura pelo crédito pessoal mais barato no mercado é não investigar cuidadosamente todas as ofertas colocadas aos eu dispor. Não cometa nunca o erro de se precipitar e aceitar de imediato a primeira oferta que lhe pareça razoável. Ao fazê-lo estará a perder a oportunidade de, possivelmente, encontrar uma opção ainda mais acessível. Faça sempre questão de conhecer a oferta de todas as instituições financeiras a disponibilizar este produto, seja online ou através de balcões físicos. Praticamente todos os sites de instituições financeiras permitem-lhe efectuar simulações de crédito, pelo que, deverá certificar-se de que usufrui na totalidade desta possibilidade.

Dê garantias à instituição financeira

Saber utilizar correctamente todas as cartas ao seu dispor é uma habilidade de vital importância no acesso às melhores condições de mercado. Não se limite a solicitar um crédito e a esperar pela resposta. Certifique-se de que coloca nas mesa todas as garantias de estabilidade financeira que tiver ao seu dispor. Qualquer argumento que possa usar, use. Encontra-se numa situação profissional verdadeiramente estável com um bom aumento à vista? Então faça questão de apresentar provas dessa situação de modo a demonstrar confiança na sua habilidade de honrar o reembolso do crédito. Tem um historial bancário imaculado? Então utilize-o como argumento. Conheça bem as armas que tem ao seu dispor e não deixe de usá-las quando se revelar oportuno. Outra garantia que poderá dar será um bom fiador. Isto permitir-lhe-á conquistar confiança junto do banco e desfrutar de condições mais favoráveis.

Poderá ter interesse:  Oney: Crédito Pessoal e Cartão de Crédito

Tente reduzir ao máximo a sua taxa de esforço

Uma taxa de esforço baixa é um dos melhores argumentos que poderá utilizar no momento de solicitar um crédito pessoal. Isto implica que terá maior facilidade de pagar as prestações, reduzindo assim as probabilidades de incumprimento. Aos olhos da entidade financeira, isto fará de si um cliente de baixo risco. O ideal é que a sua despesa com o reembolso do crédito seja inferior a 30% do total dos rendimentos do seu agregado familiar. Se estiver acima deste valor, deverá tentar ao máximo reduzir despesas fixas desnecessárias.

Aposte em prazos curtos

Se tiver essa oportunidade e o seu objectivo for pagar menos a longo prazo, deverá sempre escolher prazos mais curtos. Prazos longos tendem a ser populares pelo facto de ajudarem a reduzir a mensalidade, mas a realidade é que no final acabará sempre por pagar consideravelmente mais. Para usufruir do crédito pessoal verdadeiramente mais barato deverá sempre optar pelo prazo mais curto possível, dentro da medida daquilo que as suas finanças lhe permitem suportar mensalmente. 

Evite a armadilha das comissões

É comum os contratos de crédito exigirem o pagamento de comissões. Estas comissões, frequentemente discretas, não são publicitadas na oferta inicial de crédito, pois acabariam por inflacionar os custos do mesmo e afastar possíveis clientes. Por essa razão, tendem a estar inseridas discretamente nos contratos, que por vezes são assinados sem sequer que se repare bem nelas. Qualquer contrato pode ter custos adicionais associados dos quais não foi previamente avisado, pelo que, é extremamente importante ler detalhadamente o seu contrato de modo a certificar-se de que não lhe reserva nenhuma surpresa desagradável. Uma instituição financeira até pode parecer ter condições de acesso mais vantajosas do que as restantes, mas depois apresentar comissões que anulam por completo essas vantagens, daí ser tão importante não se precipitar e levar sempre todos os custos em conta.

Poderá ter interesse:  Crédito para remodelação de um imóvel

Leve os seguros em consideração

Tal como as comissões, os seguros são frequentemente ocultados da oferta inicial, mas podem contribuir para inflacionar significativamente o custo final do crédito pessoal. Sendo que é comum ser incentivado a subscrever determinados seguros na sequência da contratação de um crédito, é importante certificar-se de que esses seguros não tornarão o custo final superior ao das restantes alternativas. Quando estiver a comparar créditos, informe-se sempre antecipadamente sobre os seguros exigidos, bem como sobre todos os custos adicionados, de modo a poder comparar mais eficazmente todas as ofertas à sua disposição. 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *