Crédito habitação: 36% de taxa de esforço obriga a renegociação

taxa de esforço no crédito habitação

O Governo aprovou uma medida para que portugueses que atinjam a taxa de esforço superior a 36% terão de renegociar o seu Crédito habitação.

O consecutivo aumento das taxas Euribor nos últimos meses, fará com que muitos portugueses vejam o valor da despesa mensal com o crédito aumente consideravelmente, como consequência a sua Taxa de esforço irá também aumentar, isto porque não larga maioria dos casos os rendimentos não irão aumentar na mesma proporção.

Como forma de apoiar os portugueses com crédito habitação com taxa variável, o Governo aprovou medidas para que estes consigam suportar este aumento.

Quem está elegível para esta medida de renegociação do Crédito habitação?

  • Crédito habitação com taxa variável;
  • Crédito destinado a habitação própria permanente;
  • Montante em dívida inferior a 300 mil euros;
  • O Agravamento da taxa de esforço em 5pp torne a mesma superior a 36%;

Se esse for o meu caso, como devo proceder?

A iniciativa irá partir do lado do seu banco, que irá identificar todos os casos da sua carteira de clientes. Esta análise deverá ser rápida pelo que deverão entrar em contacto dentro em breve. Contudo, poderá sempre entrar em contacto afim de entender se está elegível.

Esta medida vigorará até final de 2023.

Poderá ter interesse:  Crédito habitação recusado pela Taxa de esforço. E agora?

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *