Crédito habitação para construção de uma moradia

crédito habitação para construção

Está a pensar construir a moradia dos seus sonhos? Fique a saber como funciona o crédito habitação para construção.

A construção de uma moradia é uma opção que comporta consigo diversas vantagens face à aquisição de uma habitação já construída. Ainda que o processo seja, como é óbvio, muito mais moroso, tem a oportunidade de personalizar a casa totalmente a seu gosto.

O orçamento para a construção de uma moradia também é, frequentemente, inferior ao relativo à compra de uma moradia já construída. Ou seja, com alguma prudência e uma boa pesquisa de mercado, poderá acabar por conseguir poupar quantias bastante significativas, ao contrário da compra de uma moradia já construída.

Caso então opte por construir com recurso a crédito, existe também a possibilidade de o fazer recorrendo a uma solução pensada para esse fim, normalmente denominado de Crédito Habitação para Construção ou crédito para autoconstrução.

Características do crédito habitação para construção

Financiamento por tranches

Nesta modalidade, o dinheiro não é todo libertado no início da obra, mas sim por parcelas, geralmente ao longo de um período de 2 anos(tempo de construção). Durante esta fase, a construção será alvo de diversas vistorias por parte do banco, de modo a determinar quando existe a necessidade de liberar mais uma tranche.

Cada uma destas vistorias tem um custo, que poderá andar em torno dos 200 euros, mas em certos casos até ultrapassar, dependendo do banco em questão. 

Período de carência de capital

Uma das particularidades deste tipo de crédito é a possibilidade lhe permitir auferir de um período de carência de capital que pode ir de 24 a 36 meses, sendo o mais comum um período de carência de 2 anos.

Poderá ter interesse:  Pedir Crédito para um Terreno - É possível?

Durante este período, não terá de liquidar qualquer parcela da sua dívida, cabendo-lhe apenas o pagamento dos juros. Este período refere-se, geralmente, ao período de construção da moradia. 

Aprovação do crédito mais demorada

A aprovação de um crédito para construção tende a ser um pouco mais complicada e morosa do que a de um crédito tradicional, uma vez que existe mais alguma burocracia envolvida. Para que consiga a aprovação, terá de facultar, não só um orçamento detalhado relativo a todo o projecto, como também a devida licença camarária para todas as obras planeadas. 

Se tiver um terreno terá a vida mais facilitada

Este tipo de crédito pressupõe sempre a existência de um terreno já adquirido. Portanto, antes de pedir o crédito, deverá comprar o terreno. Caso não tenha terreno nem dinheiro para comprá-lo, poderá fazê-lo através de um crédito pessoal. Como alternativa, alguns bancos também lhe disponibilizam um crédito habitação para a aquisição de terreno e construção. Ou seja, um dois em um. No entanto, esta é uma opção não disponibilizada pela maioria dos bancos, e conseguir uma aprovação nestas circunstâncias pode revelar-se um desafio. 

Pouca oferta de crédito no mercado

A diversidade de oferta deste tipo de crédito habitação não é tão vasta quanto a do tradicional, mas ainda assim conseguirá encontrar algumas opções de qualidade à sua espera no mercado. Exemplo:

Santander – Crédito Habitação para Construção

Características: 

  • Até 85% do valor de avaliação, não excedendo 90% do valor do terreno acrescido do custo da construção da moradia. 
  • Euribor a 6 meses ou taxa fixa a 5 ou 10 anos.
  • Spread a partir de 1,00%.
  • Período de carência de capital até 2 anos. 
  • Duração de empréstimo até 40 anos, desde que os titulares tenham no máximo 75 anos no final do prazo.
Poderá ter interesse:  Crédito habitação do Montepio dá 1% em cartão Worten

Banco CTT – Crédito Habitação para Construção

Características:

  • Financiamento até 90%.
  • Euribor a 12 meses.
  • Spread a partir de 1,10%.
  • Prazo de financiamento de 10 a 40 anos, com idade máxima dos titulares de 75 anos.
  • Período de carência de capital até 2 anos. 

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *