Crédito para férias: Não vá de férias sem ler este artigo

crédito para férias

O crédito para férias é muitas vezes o único recurso que possibilita às famílias portuguesas usufruírem de uma merecida pausa anual. A dificuldade em poupar neste momento, aliada ao facto de que, na maioria das vezes, as férias são muito próximas do regresso às aulas, leva os portugueses a procurarem soluções de financiamento rápidas.

Porém, há que ter muito cuidado: por vezes os financiamentos mais simples de obter são aqueles que escondem mais desvantagens… Exemplos disso são taxas de juro elevadas, prazos de pagamento longos para aliciar os consumidores, à custa de um montante total final astronómico, e também cobranças ocultas de seguros ou outros produtos. Com isto em mente, é importante escolher muito bem a entidade financeira a que se vai recorrer na hora de pedir um crédito para férias, não vá o sonho transformar-se em pesadelo…

De forma a ajudar na escolha, vamos deixar aqui três alternativas seguras para análise de todos os interessados.

Crédito para férias: Credibom

Com o crédito para férias da Credibom é possível pedir montantes que se situem entre os 3000€ e os 10000€. O prazo de reembolso varia entre os 12 e os 60 meses, e a TAEG situa-se sempre abaixo dos 14%. Segundo esta entidade financeira, o cliente tem flexibilidade para selecionar a data do débito da prestação, o que é uma vantagem pois nem todos recebemos o salário no mesmo dia. Dessa forma é possível gerir melhor o orçamento familiar. É prometida rapidez e simplicidade na decisão, e existe a possibilidade de contratar um seguro de proteção facultativo. Importa ainda mencionar que não é cobrada qualquer comissão de abertura de contrato.

Crédito para férias: Wizink

O Wizink oferece aos interessados um produto denominado Crédito WZ Férias, que, como o próprio nome indica, destina-se efetivamente a financiar momentos de lazer. Os montantes passíveis de empréstimo variam entre os 3000€ e os 30000€, reembolsáveis entre 24 e 84 meses. A TAEG nunca ultrapassa muito os 12%, e a TAN os 10%. No simulador disponibilizado por esta entidade o valor da prestação não inclui o imposto de selo, algo que tem de ser tido em conta pelo cliente. Não são cobradas quaisquer comissões quer de abertura, quer de reembolso, e todo o processo é 100% digital. Existe ainda a possibilidade de contratar um seguro opcional.

Poderá ter interesse:  5 dicas para pagar o cartão de crédito mais rápido

Crédito para férias: Cetelem

O Crédito Férias do Cetelem permite financiar entre 2500€ e 10000€. O prazo de pagamento é o mais curto dos aqui mencionados, situando-se entre 12 a 36 meses, com uma TAEG abaixo de 14%. A subscrição pode ser feita online ou por telefone, com pré-aprovação imediata garantida e receção do valor na conta apenas 48 horas após a receção do contrato. Não existem quaisquer comissões de abertura do processo, nem obrigatoriedade de contratação de produtos adicionais. Contudo, é dada ao cliente a hipótese de subscrever um seguro de crédito facultativo, algo que pode ser útil caso o azar bata à porta. De forma a simplificar o envio dos documentos necessários, o cliente pode utilizar a sua Chave Móvel Digital.

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *