O que é o Crédito Consolidado?

Um crédito consolidado consiste em reunir todos os seus créditos num só.

Esta consolidação permite-lhe, não só simplificar todo o processo de pagamentos mensal e gestão das suas finanças, uma vez que converterá todas as mensalidades numa só, como também ter acesso a condições de crédito mais vantajosas que, em muitos casos, lhe permitirão poupar quantias significativas todos os meses.

Quando devidamente utilizado, o crédito consolidado pode revelar-se uma poderosa estratégia de combate ao sobre-endividamento,

A quem se destina?

O crédito consolidado destina-se a qualquer pessoa que esteja actualmente a pagar  duas ou mais prestações de crédito e pretenda usufruir de condições de pagamento mais favoráveis à sua situação financeira.

Ainda que o crédito consolidado possa revelar-se vantajoso em certos aspectos para qualquer pessoa, esta é uma solução financeira particularmente recomendada àqueles que possam estar em vias de entrar em incumprimento, como resultado da sobrecarga derivada de juros e taxas desfavoráveis.

A título de exemplo, imaginemos que tem três créditos contratados, mas começa a experienciar dificuldade em liquidar os pagamentos das mensalidades referentes aos mesmos. Este cenário poderá acabar por colocá-lo numa situação de incumprimento. Situação essa que apenas conseguirá evitar caso opte por renegociar as condições de pagamento dos créditos através da sua consolidação. Em certos casos, a redução das mensalidades poderá mesmo ultrapassar os 50%.

Principais vantagens

Redução da mensalidade

A principal vantagem de um crédito consolidado é a possibilidade de usufruir de uma redução bastante significativa da prestação mensal referente aos seus créditos. Este abatimento é possibilitado, não só pelo alargamento do prazo de pagamento dos créditos, como também pela redução da taxa de juro, como consequência da fusão de todos os seus créditos num só.

Poderá ter interesse:  5 Cuidados a ter com o Crédito consolidado

Caso opte por um crédito consolidado com hipoteca terá a oportunidade de estender ainda mais o seu prazo de pagamento, o que resultará numa redução exorbitante da sua prestação mensal.

Maior liquidez

Com a redução expressiva da sua prestação mensal vem a possibilidade de chegar ao fim do mês com mais dinheiro na carteira. Dinheiro esse que poderá ser utilizado para estabilizar a situação financeira e precaver-se para o futuro, colocando algum de parte, ou até mesmo investindo-o sensatamente de forma a obter algum retorno. Esta folga financeira que a consolidação dos créditos lhe proporcionará poderá ser tudo aquilo que precisa para se precaver contra futuras complicações financeiras.

Comodidade 

O crédito consolidado vem simplificar todo o processo de pagamento e gestão das suas dívidas, uma vez que o compromisso será apenas um. Ao ter apenas um único crédito a pagar, a uma única instituição financeira, está a reduzir as probabilidades de esquecimento que podem levar a atrasos no pagamento das mensalidades. Gerir os seus créditos passa assim a ser muito mais fácil e cómodo.

Requisitos para a consolidação de créditos

Para que seja considerado elegível é importante que estejam reunidas algumas condições:

1) A idade máxima de acesso a este produto financeiro é de 75 anos.

2) Deverá ter todas as suas dívidas regularizadas. Caso se encontre em situação de incumprimento por prestações em atraso, não terá a oportunidade de usufruir deste produto financeiro.

3) Ser-lhe-á requerida uma garantia de pagamento da dívida. Para tal, poderá utilizar um fiador ou hipotecar a sua casa.

4) Não deverá encontrar-se numa situação financeira precária. Se estiver, por exemplo, desempregado, ou numa situação profissional instável, poderá ser considerado um cliente de risco.

Poderá ter interesse:  Cursos de Intermediário de Crédito autorizado pelo Banco de Portugal

Pedido de crédito consolidado 

O pedido de consolidação de créditos pode ser efectuado junto do banco onde tem as suas dívidas ou de qualquer outro banco que lhe ofereça condições mais favoráveis. Alternativamente, poderá, também, consolidar os seus créditos noutros tipos de entidades financeiras, como é o caso da Cofidis e da Cetelem. O ideal é analisar todas as propostas existentes no mercado de modo a encontrar a situação que mais se adequa às suas necessidades financeiras

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *