O que significam as siglas dos simuladores de créditos

Ao simular um pedido de crédito à habitação, somos confrontados com várias siglas estranhas que algumas pessoas não entendem muito bem. No entanto, o seu correto entendimento é absolutamente necessário para que não façamos um pedido sem perceber quanto na realidade vamos pagar.

Neste artigo iremos explicar o que significam todas essas siglas que sempre estão presentes nos simuladores de crédito à habitação.

Taxa de juro fixa, variável ou mista

Ao pedir um crédito à habitação, o cliente e a instituição bancária que o vai conceder devem determinar que taxa de juro será aplicada no contrato: fixa, variável ou mista. A fixa significa que irá pagar sempre o mesmo valor em todas as prestações, a variável depende da Euribor e a mista refere-se a um período que paga sempre o mesmo valor e depois passa a variável – por exemplo, num crédito à habitação de 30 anos, pode pagar os primeiros 15 com taxas de juros mensais fixas e os restantes 15 como variável.

Euribor

A Euribor é a taxa utilizada pelos bancos como referência na maior parte dos empréstimos com taxa de juro variável ou mista. Chega-se ao seu valor calculando a média das taxas de juros praticadas pelas instituições financeiras e altera-se consoante o prazo a que se reporta (entre 1 semana a 12 meses). Funciona na zona euro e as taxas calculadas são as dos 32 principais bancos europeus.

Spread

O spread é a “margem” que a instituição bancária obtém sobre o crédito, ou seja, o lucro. A este spread é depois acrescentado a EURIBOR a 3, 6 ou 12 meses. Este cálculo corresponde à taxa de juro mais importante num crédito à habitação.

TAN

TAN significa Taxa Anual Nominal. Trata-se de uma taxa anual que se aplica a todo o tipo de operações financeiras (créditos ou aplicações) que envolvam o pagamento de juros. Num crédito à habitação com taxa variável corresponde à soma da Euribor com o spread.

Poderá ter interesse:  Bancos proibidos de cobrar comissões nos créditos a partir de janeiro

TAEG

A TAEG é a Taxa Anual de Encargos Efetiva Global. A TAEG mede todos os custos associados ao empréstimo do crédito à habitação (juros, comissões, despesas com o processo, etc.). Basicamente, expressa o valor anual que o cliente terá de pagar à instituição financeira pelos custos totais do empréstimo.

MTIC

O MTIC refere-se ao Montante Total Imputado ao Consumidor. O MTIC é extremamente importante, porque o seu valor é o total que o cliente pagará ao banco pelo empréstimo. O seu valor expressa não só o montante emprestado como também todos os encargos e juros associados. Antes de pedir um crédito à habitação, o cliente tem que comparar o MTIC entre diferentes bancos para encontrar o que melhor se adapta às suas possibilidades financeiras.

Liquidação antecipada

A liquidação antecipada é uma opção em aberto num crédito à habitação. Significa que o cliente pode pagar todo o valor do empréstimo e os custos associados de uma só vez, em qualquer momento dentro do prazo de pagamento global.

Amortização

Se o cliente não tiver possibilidades ou interesse de realizar uma liquidação antecipada do empréstimo, sempre pode recorrer à amortização do capital. Basicamente, significa que o cliente pode pagar algumas prestações de forma adiantada para diminuir o prazo global de pagamento ou o valor de cada prestação.

(Fique a saber um pouco mais sobre as penalizações das amortizações de Crédito habitação neste artigo: Penalizações por amortizar o Crédito Habitação antes do prazo)

1 comentário em “O que significam as siglas dos simuladores de créditos

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *